Páginas

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Depressão Pós casamento...Vc sabia disto???


Oi gente...

Ja faz um tempinho que li uma reportagem sobre a depressão pós casamento...sabe aqueles dias que você tem consulta no dentista e lê todas as revistas que estão na sala de espera? Foi assim que acabei lendo sobre este tema...
Me surpreendi com as historias contadas,mas não entendia pq uma noiva passaria por isto pq qdo me casei pela primeira vez nao tive preparativo nenhum...foi so o casamento civil  com um almoço familiar.
Mas hoje entendo tudo que está naquela reportagem,o que cada noiva ali sentiu.

Um dia desse me lembrei novamente desta reportagem e pensei o qto seria importante divulga-la.pois muitas mulheres devem passar por isso e pensam que são as unicas.
Claro que espero que nenhuma de nós passe por isso...mas informação nunca é demais...né.


Aqui vai um trecho da reportagem,e quem quiser ler na integra é so clicar aqui...foi uma reportagem da revista Marie Clarie...tem depoimentos das noivas e uma delas é a Fernanda Floret,blogueira conhecida por muitas noivinhas.


Depois da festa, um vazio. Uma pitada de frustração, um estranhamento. Assim se sentem muitas mulheres que se casaram após passar quase um ano preparando todos os detalhes do grande dia. A angústia pode ser sinal de um novo tipo de depressão que acontece depois da festa, durante a lua de mel ou logo que começam a morar com o marido. Marie Claire ouviu recém-casadas que enfrentaram e superaram o problema, um tabu num mundo em que as noivas se sentem na obrigação de viverem felizes para sempre
                      
Para uma noiva ficar linda e o casamento sair perfeito, ela precisa provar o vestido e o arranjo do cabelo com antecedência. Experimentar docinhos, bolos, risotos e bem-casados de bufês diferentes. Planejar a decoração da festa e o local da cerimônia, a roupa da dama de honra, as alianças e o terno do noivo. Escolher banda ou DJ. Fazer uma lista de músicas para serem tocadas na pista. Listar os convidados. Encomendar os convites, contratar um fotógrafo e um videomaker. Convidar os padrinhos. Toda essa preparação costuma durar, no mínimo, um ano. Consome dinheiro e a alma da noiva. 

Quando chega o grande dia, o tempo da festa parece que voa. Horas depois, ela está descabelada, com os pés doloridos. No dia seguinte - se é que foi possível fazer jus às núpcias - dor de cabeça e ressaca. Na volta da lua de mel, o começo de uma vida a dois - e tudo o que envolve isso. Com esse choque de realidade, depois de tanta ansiedade e expectativa, pode começar um fenômeno comum entre as recém-casadas: a depressão pós-núpcias.

As mulheres modernas estão quebrando um tabu e assumindo viver um estado emocional desconfortável no início do casamento. Elas percebem que, muitas vezes, o período chamado lua de mel nem sempre é maravilhoso. Ao contrário. Os primeiros dias da vida a dois podem ser tomados pela angústia. É comum que elas tenham crises de choro nos dias que se seguem à cerimônia. Segundo a escritora americana Sheryl Paul, estudiosa dos sentimentos das noivas e autora do livro The consciousness bride (A noiva consciente, à venda apenas nos países de língua inglesa), a maioria das recém-casadas sofre desse mal. 'Elas se questionam se fizeram a escolha certa, se amam mesmo seus maridos e até o que é o amor', diz Sheryl. 'É o momento que elas percebem que tomaram uma decisão de enorme responsabilidade.

 Antes da festa, estavam ansiosas e enlouquecidas demais com os preparativos e não tinham tempo para pensar.' Se não encontram as respostas, a tristeza pode evoluir para depressão. 'Nesses casos, elas se decepcionam com a vida a dois, o casamento ou o marido. Sentem-se frustradas, confusas e dificilmente conseguem enxergar outra saída que não seja a separação.' 

Ainda não existem números oficiais de relatos desse tipo no Brasil. Nos Estados Unidos, onde o fenômeno é conhecido como post wedding blues, estima-se que 5% das recém-casadas apresentem um grau avançado de tristeza. Embora a depressão pós-núpcias faça com que as mulheres se sintam encurraladas, não é um sinal de que a relação está fadada ao fracasso. 'É um sentimento normal, resultado de uma época em que as mulheres podem questionar se a escolha de casar é certa', afirma Sheryl. Leia a seguir depoimentos de duas mulheres que enfrentaram e superaram essa dor.

Gostaram da informação?
Conhecem alguém que passou por isso?

Beijos


15 comentários:

Luh disse...

não sabia disso... espero não passar por isso!!!boa semana :)

Bruna Worspite disse...

É sempre bom ler este tipo de matéria né?
Ajuda mesmo que não precisemos, acho que pra evitar isso é se lembrar sempre o que o casamento significa, que é amor e união pela sua alma gêmea!

Bjs

Blog: Blog Worspite Noivas

Sorteio de um Buquê: *Clique Aqui e participe!*

Cris disse...

Eu também não sabia disso... Deus livre nos desse mal do século que é a depressão...
Bjs

Daiane Rodrigues disse...

nossa, não gosti =/ muito tristeeee... ja pensou a mulher que passa por isso ... ahhhh não .,... =/

Andrêa disse...

Deus me livre disso ,imagina que coisa chata.

Thayná disse...

Não sabia disso Nise. Mas achei super interessante e fui ler a matéria completa! É sempre bom parar e refletir sobre TUDO que envolve o casamento, aliás, eu e o noivo conversamos muito sobre isso!

Fica com Deus flor! :*

Anne disse...

Adorei ler o artigo!
Acho que na verdade nós, noivas terminamos fazendo do casamento um hobby e aí quando tudo termina (ou começa!) a noiva se vê sem ter o que fazer, todo aquele glamour durou uma noite apenas e tudo volta ao normal, o dia de cinderela acaba! Muitas noivas perdem a consciência disso... Eu achava que poderia ficar triste sem ter o que fazer quando casar, mas já descobri: vou organizar nosso apartamento, comprar móveis e meu hobby novo vai ser esse! rs

Beijoooos!

Manu Costa disse...

Li toda a matéria, mto interessante, me identifiquei muito com o depoimento da Fernanda Floret, por essa razão tbm criei meu bloguinho.


bjo

http://noivasemakes.blogspot.com.br/

Fran Nogueira disse...

Nise,
Adorei a matéria e confesso que já parei diversas vezes pra pensar nisso: após o casamento será que não fica um vazio por não ter mais que ter tantas decisões e ser o centro da atenção?
Conheço recém-casadas que passaram por isso e é super complicado! Outra coisa: será que existe vida bloguilística após o casamento? Vamos descobrir logo! hehe

beijinhos

Paula Venturin disse...

Oi Nise,
Muito legal essa matéria e hoje em dia a depressão está muito mais presente devido à vida corria que levamos e para uma noiva dá até pra entender. Passa-se de 1 a 2 anos planejando uma festa, o vestido, penteado, roupas de daminhas,lembrancinhas, etc e no dia tudo passará voando e talvez fique a sensação de que: agora acabou... na verdade esta apenas começando, nos envolvemos com tantos detalhes nesse período que passamos a lidar com a parte burocrática do casamento e não com a parte prática (o estar casado, dividir problemas, momentos bons e ruins, etc). Acredito que esse vazio fique porque a noiva se empenha para que seu dia seja um sonho, perfeito e o depois... fica sempre pra depois e sem a degustações, provas de vestidos, conhecer buffets, etc.
É a partir desse momento que as coisas ganham sentido, form de uma nova família se constituindo.
Bjo

Gabriela disse...

Li toda a matéria querida e gostei muito da informação...
Não era difícil imaginar que as noivinhas mais "neuróticas" podem sentir isso, afinal elas vivem o casamento mais do que todo mundo.
Me considero uma noiva tranquila e torço para que todas também o sejam.
Você curte mais, vive mais, ama mais e claro sofre menos.
Informação valiosa esta!
Obrigada!
Beijocas =D

Jaciara disse...

Ótimo post! Assim vai ter noivinha ligada.
Bjs

Kathe disse...

Nossa... sabe que eu acho isso NORMAL! Eu sempre fico triste quando penso "O que eu vou fazer depois do casamento?" hahaha para quem eu vou pedir orçamentos, pesquisar fotos, marcar visitas...

Eu hein!

Beijos!

http://sweetnovember-kathe.blogspot.com.br/

Suzana disse...

Nossa menina, não sabia dessas coisas não... mas que deve dar um vazio deve, vc passa um tempão se preparando para algo, eu mesma estou me sentindo mais preocupada e sei que não estou dando tanta atençao para o noivo, talvez o cansaço tbm esteja ajudando, mas tá me incomodando viu.
Espero resolver logo esta situação, e não passar por isto, por isto, pós casamento, começo ou já sigo com planos bebê...

Beijos

Nosso quadradinho disse...

Adorei o post, não sabia nadinha sobre isso.
Bjs

Postar um comentário

Obrigada pela visita...deixe seu comentário (eu amooo)e sempre retribuo...e volte sempre.


Seu comentário sera liberado após minha aprovação.
bjo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...